História do Clube

     O Goiânia Esporte Clube – Goiânia E.C – foi fundado oficialmente em 05 de julho de 1938. É um dos times mais tradicionais e importantes do estado de Goiás. Seu mascote é o Galo Carijó mais conhecido como Galo.
Tudo começou em abril de 1936, quando o fluxo de funcionários públicos aumentou na nova capital. Eles não tinham nenhum esporte para praticar ao fim do expediente e nos finais de semana, fundaram então o embrião do Goiânia, o União Americana, em 28 de abril. Não durou três meses, pois a sede ficava em Campinas e a distância para Goiânia acabou desanimando os jogadores. No dia 12 de julho de 1936, ocorreu a primeira partida de futebol entre clubes devidamente formados na nova capital. Um dos espectadores foi o arquiteto José Neddermeyer. Em 30 de julho de 1936, ele e outros aficionados pelo futebol e pela cidade, decidiram pela fundação de um time de futebol de verdade, o Goiânia. As cores escolhidas para o uniforme foram o preto e branco, seu primeiro uniforme foi bastante inusitado: camisas pretas, golas brancas, trazendo como escudo o mapa de Goiás.

     Ao longo de sua história no futebol, o Goiânia possui 14 títulos do Campeonato Goiano profissional, incluindo um pentacampeonato entre 1950 e 1954. Foi o primeiro Clube goiano a ganhar uma taça à nível regional, a Copa Brasil Central de 1967, e o primeiro clube a ganhar um campeonato invicto. É um dos quatro clubes do futebol da cidade de Goiânia que já participou da principal divisão do Campeonato Brasileiro, em quatro edições. Participou ainda por duas vezes da Copa do Brasil.

Campeão 1974

1938 a 1939
Em 1938 os alvinegros decidiram montar a primeira diretoria oficial do clube. Surgia assim o Corinthians Goiano Futebol Clube. O Goiânia conseguiu várias glórias. Ganhou o primeiro clássico contra o Atlético pelo placar de 1 a 0 em campinas. Disputou seu primeiro campeonato, a Taça Agência Ford contra a equipe do Anápolis Sport Club. Em 1939, o Corinthians ganhou seu segundo título do Citadino de Goiânia. Recebendo a Taça Vanguarda.

1939 a 1943
Em maio de 1939, o Corinthians Goiano Futebol Clube retorna o nome para Goiânia Esporte Clube por escolha de seus associados. Em 1940 disputou a terceira edição do Citadino de Goiânia sendo campeão invicto. Foi o time que mais teve jogadores convocados para a Seleção Goiana.

1945 a 1960
Nesse período o Goiânia tinha uma equipe quase imbatível. Conseguiu a façanha de ganhar um bicampeonato (45-46), um tricampeonato (58-60) e um pentacampeonato (50-54), sendo que em 1953 e 1954 de maneira invicta. Seu principal jogador na época, Foca, foi artilheiro três vezes (51-53).

1961 a 1974
O Goiânia levantou um título goiano. Conseguiu conquistar dois Campeonatos estaduais.

1975 a 1997
Nesse período o Goiânia disputou quatro brasileiros série A quatro brasileiros série B, um brasileiro série C e participou de uma edição da Copa do Brasil, não obtendo muito sucesso em nenhuma dessas competições.

1998 a 2003
Em 1998, o clube retornou para a divisão principal do goiano. Foi campeão invicto da segundona. No âmbito nacional, disputou cinco brasileiros série C, disputou ainda a Copa do Brasil, sendo eliminado na segunda fase pelo Corinthians.

2004 à 2007
Em 2004, o clube disputou a segundona, venceu o América de Morrinhos por 10 a 0. No entanto terminou em terceiro colocado e conseguiu ir para a primeira divisão graças a desistência do Novo Horizonte. Ano de 2006 voltou para elite. Foi campeão da segunda divisão perdendo apenas um jogo. Na última partida do campeonato aplicou uma goleada de 9 a 1 no Iporá.