A BATALHA CONTINUA

Sem título

 

Subir seria o ideal. Era o que todo mundo queria, incluindo eu. Afinal, quando aceitei o desafio no início do ano, foi pensando em estar na elite em 2018. Infelizmente, mesmo com um trabalho excelente da diretoria, não conseguimos o tão sonhado acesso, após 10 anos. Mas isso não significa o fim. Na verdade, é apenas uma etapa, do início de um recomeço. Mesmo sem subir de divisão o Goiânia foi, sem dúvida, o maior vencedor do futebol goiano nesta temporada. Ganhamos o maior título que um time pode ganhar: ganhamos o ressurgimento. A oportunidade de ser grande outra vez. 2017 será sempre lembrado como o ano em que o Galo voltou ao terreiro do profissionalismo. O ano em que Raimundo Queiroz e toda a nova gestão alvinegra devolveram ao torcedor o orgulho de ser eternamente Goiânia Esporte Clube. #sempreGalo!

Texto: Marcelo Durães/Goiânia E.C.

1 Comentários

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *